"...a mais completa solução para a gestão e administração integrada de Entidades, Estabelecimentos de Ensino, Municípios, entre outros..."
Os pagamentos digitais permitem o carregamento do saldo do cartão do aluno e a sua utilização para pagamento de serviços, entre outras valências, junto das várias Entidades que integram o sistema, Município, Agrupamentos de Escolas e Escolas não Agrupadas e outras entidades públicas ou privadas.
As mensagens curtas, mais vulgarmente designados por SMS, podem ser envidas aos utentes do sistema, manual ou automaticamente, mediante a configuração de eventos, tais como alertas de faltas do aluno, avisos, etc.
Transferência de Competências para as Autarquias
No âmbito da Transferência de Competências para os órgãos municipais e para as entidades intermunicipais no domínio da educação de acordo com o Decreto-Lei n.º 21/2019 de 30 janeiro, preparámos as nossas aplicações, utilizadas nos Estabelecimentos de Educação pré-escolar e dos ensinos básico e secundário, para integrar o Município a que pertencem.
Refeitórios Escolares

O fornecimento de refeições em refeitórios escolares dos estabelecimentos de educação pré-escolar e dos ensinos básico e secundário passa a ser gerido pelo Município.

Da integração do Município, nas aplicações existentes nos estabelecimentos de educação, resulta a transferência da gestão dos refeitórios incluindo a disponibilização dos documentos das transações realizadas emitidos aos utentes (alunos, docentes, não docentes e outros colaboradores).

Medidas de Apoio à Família

Com recurso aos serviços podem ser criadas todas as medidas de apoio à família que os Municípios pretendam promover e implementar de forma a garantir uma escola a tempo inteiro, nomeadamente:

- Atividades de animação e apoio à família, destinadas a assegurar o acompanhamento das crianças na educação pré-escolar antes e ou depois do período diário de atividades educativas e durante os períodos de interrupção destas;

- Componente de apoio à família, através de atividades destinadas a assegurar o acompanhamento dos alunos do 1.º ciclo do ensino básico antes e ou depois das componentes do currículo e das atividades de enriquecimento curricular, bem como durante os períodos de interrupção letiva;

- Atividades de enriquecimento curricular no 1.º ciclo do ensino básico, de caráter facultativo e de natureza eminentemente lúdica, formativa e cultural que incidam, nomeadamente, nos domínios desportivo, artístico, científico e tecnológico, de ligação da escola com o meio, de solidariedade e de voluntariado e da dimensão europeia da educação.

Atribuição dos escalões da ação social escolar ou outros escalões definidos pelo Município de forma a, caso se aplique, cobrar pelos serviços prestados no âmbito das atividades e componentes disponibilizadas.

Marcação e quantificação de presenças dos alunos nas atividades e componentes de apoio à família com recurso à gestão de acessos (Portaria) aos locais onde estas se realizem.

Faturação, com débito no saldo do aluno ou outro meio de pagamento, dos serviços prestados no âmbito das atividades e componentes realizadas.

© . Todos os direitos reservados.
Powered by